ARTIGO: “Taeyeon está em alta como uma vocalista insubstituível”

O site coreano Newsen publicou, recentemente, um artigo sobre a Taeyeon, relembrando alguns marcos e conquistas da carreira dela, tanto como integrante do SNSD, como uma artista solo. Confira a tradução na íntegra:

A primeira das integrantes do SNSD a ter um concerto solo, a primeira solista feminina coreana a realizar um concerto solo em Taiwan, a primeira cantora solo a ter 3 concertos em Taiwan. A cantora Taeyeon está escrevendo uma história como a primeira em realizar várias coisas.

A Taeyeon debutou em 2007 como a vocalista principal do grupo feminino Girls’ Generation e, com hits como “Into the new world”, “Gee”, “Genie”, “Oh”, “Hoot”, “Party”, “Lion Heart”, construiu uma reputação com o grupo feminino que se tornou o mais forte. Ela também cantou diversas trilhas sonoras de dramas começando pela OST “If”, de 2008, seguida por “Can You Hear Me” e “And One, consagrou-se como uma vocalista solo. Em 2012, com as integrantes do Girls’ Generation, Tiffany e Seohyun, formou a primeira subunit do grupo e, logo depois que o mini álbum TWINKLE foi anunciado, dominaram todos os charts físicos e digitais. Em 2014, ela participou no projeto SM The Ballad e cantou “Breath” junto com o Jonghyun do SHINee.

Assim, a Taeyeon, que foi constantemente construindo o seu portfólio como uma vocalista, lançou o seu primeiro mini álbum solo, “I”, em 2015, que foi o primeiro álbum solo lançado por uma integrante do Girls’ Generation, oito anos após o debut. A faixa título “I” conquistou all kill nos 8 charts coreanos. No ano seguinte, ela lançou o seu segundo mini álbum “Why” e um single digital “11:11” e, mais uma vez, conquistou o recorde de “rainha digital”. Também após o seu debut solo, ela fez o seu primeiro concerto solo “Butterfly Kiss”, que confirmou o seu status global e popularidade.

Neste ano, em fevereiro, a Taeyeon lançou o seu primeiro full álbum, “My Voice”, 10 anos após o seu debut. Além de ficar em #1 em vários charts musicais do país, ela ficou em #1 no Chart de Álbuns do iTunes, e em #2 no Chart Mundial de Álbuns da Billboard, recebendo uma grande resposta não apenas do seu país de origem, mas também do exterior. Em particular, não só a música “Fine”, mas também a faixa bônus “Time Spent Walking Through Memories” e todas as outras músicas do álbum foram preenchidas somente com a voz da Taeyeon, sem nenhuma colaboração, e ela recebeu muitos elogios.

Em maio, o concerto solo da Taeyeon, entitulado PERSONA, foi sediado durante 3 dias em Seul, com um público total de 9.000 fãs. A Taeyeon realizou uma tour na Ásia, começando por Seul, depois Taipei, Bangkok e Hong Kong. Todos os ingressos destas 4 cidades esgotaram-se assim que foram colocados à venda. Particularmente em Taiwan, ela marcou um novo recorde como a primeira solista não-Taiwanesa à realizar 3 concertos, provando seu potencial como uma vocalista quebradora de recordes.

Neste curto período de tempo (menos de 2 anos), a Taeyeon construiu a sua distinta individualidade musical, através de suas atividades solo. Em vez de ficar impaciente com o desejo de realizar diferentes coisas, o seu crescimento musical foi constantemente documentado em “‘i”, seguido por “why” e “my voice”. A habilidade vocal da Taeyeon, a sua melodia sofisticada e a combinação de seus refrescantes sons, agradam aos ouvidos do público. Já o conceito dos seus MVs, passando pelos cabelos e maquiagens, mostram a habilidade da Taeyeon em agradar ao público também visualmente.

Preenchendo 120 minutos de performances sozinha, sem nenhum convidado, 13 músicas no disco com apenas sua própria voz e nenhuma colaboração, a ambição da Taeyeon foi possível graças à sua confiança em si mesma e em sua música. “Taeyeon em quem você pode confiar e escutar”. Eu estou ansioso e esperando pelo próximo álbum. A pessoa que com uma refrescante imagem costumava chutar o ar em Into The New World, como integrante do Girls’ Generation, agora está em alta como uma vocalista insubstituível.

Fonte: Newsen.
Tradução: taengab, crucial_gg (kor-eng),
Taeyeon Brasil, One Generation (eng-pt).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *